22 nov

Pequeno resumo biográfico Edivaldo lima (Boy)

EDIVALDO DE LIMA E SILVA/BOY, o poeta do cerrado, nasceu em Saloá Pernambuco. Chegou ao Piauí no ano de 1976, foi morar no Distrito de Tucuns, Uruçuí. Desportista; líder estudantil; residente e presidente da CEU – Casa de Estudante de Uruçuí/Teresina; colaborador dos jornais Expresso do Sul, Cerrado e relações públicas da Revista Espaço Literário; incentivador dos projetos dos movimentos sociais (colaborador na fundação do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Uruçuí); professor; político e poeta. Formado em Letras Português, Filosofia e Agronomia.

 

A vida literária recebeu forte influência dos poetas Gregório de Matos; Gonçalves Dias; Carlos Drummond de Andrade; Da costa e Silva; Elmar de Carvalho; Fernando Pessoa; Mário de Sá-Carneiro; Anchieta Santana e Manoel Barcelar (Tubá) e ao longo de sua trajetória poética tem contribuído com a nossa literatura uruçuiense e do cerrado.

 

Em 2009 publicou a obra “ECOS DO CERRADO”, em poesia; Editora Nova Aliança, dividida: TERRA, HOMEM E VIDA. E 2014 lançou a obra “AS LÁGRIMAS DAS FLORES”, também em poesia, na Expresso Gráfico e Editora; dividida: AS LÁGRIMAS e AS FLORES; que retrata e caracteriza o paradoxo existente entre o desenvolvimento industrial – a pobreza – a destruição da natureza – como paradigma de uma sociedade pouco envolvida em seus conflitos sociais.

Notícias Relacionadas

Faça seu Comentário