Projeto do aeroporto de Uruçuí está em fase final

Projeto do aeroporto de Uruçuí está em fase final

O secretário de assuntos estratégicos, Romildo Melo esteve em audiência na SETRANS com o dr Osvaldo, diretor do Dep de engenharia da secretaria para tratar da construção do aeroporto de Uruçuí, que já está em fase final de todo o processo, com projeto pronto, área adquirida, faltando agora, apenas o termo de parceria entre o Governo e a PMU, que já está sendo elaborado.
A obra é reivindicação de todos, principalmente dos empresários do agronegócio e irá trazer muito mais progresso e desenvolvimento para a região.

Compartilhar post

Comentário (1)

  • Claudio Lemes Louzada Reply

    Parabéns Setrans e Seinfra!
    O formato e o destino de cada cidade sempre foram definidos pela sua capacidade em termos de transporte. Nos dias de hoje, isso diz respeito especificamente ao transporte aéreo. Parabéns Prefeitura!

    Em julho 2020, a EMBRAER divulgou sua proposta de nova família de aeronaves, confirmado em 29/10/2020. Agora, um Turboélice com versões de 80 a 99 passageiros. Setembro 2020 foi a vez da AIRBUS anunciar seu turboélice de 100 passageiros.
    O fato é altamente relevante para projetos de aeroportos no estado. Sinaliza claramente que os turboélices regionais que até então, transportando 46 passageiros (ATR42-500) *(existe somente uma aeronave de 46 lugares em operação no Brasil) e 70 passageiros (ATR72-600), poderão transportar até 100 passageiros para as cidades pequenas e médias. Isso mesmo, a nova aeronave da Embraer será no mínimo de 80 lugares. Fantástico!

    Como consequência direta, qualquer projeto do aeroporto da cidade já deve prever uma pista de pouso maior e com alta resistência do piso asfáltico. E preservar uma ampla área livre nas cabeceiras da pista e nas laterais. Não podemos mais projetar, reformar ou construir aeroportos para o hoje. O hoje, já é passado.
    Nas cidades progressista e com visão clara do modal, os aeroportos regionais já estão sendo construídos com PISTAS de POUSO MÍNIMAS e BÁSICAS de 1.600 x 30m e resistência do piso para 35 Toneladas (t) ou superior›.

    Saudações e bons voos, o agronegócio também agradece!

    7 de dezembro de 2020 at 10:55

Deixe um comentário para Claudio Lemes Louzada Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


×
Skip to content